MARUMBI TROPHY - 23/08/2014

No último dia 23 foi realizado em Morretes a corrida de Montanha MARUMBI TROPHY, sendo responsável pela organização a  TRC.
O MARUMBI TROPHY foi a primeira prova de montanha organizada no Brasil, com sua primeira edição em 1984 e a ultima em 1987.
Ao se completar 30 anos da primeira prova a TRC resolveu comemorar a data organizando o evento e obviamente remodelando o percurso para atender as diretrizes do Parque Estadual Pico do Marumbi.
Para mim, muito boa a corrida, ótima organização, clima das pessoas envolvidas tanto na corrida como na organização ótimo, percurso desafiador, a subida no inicio da mata ainda escorria liquido das plantas de tão inexplorada que estava, além de pesada, que várias pessoas paravam retomando o ar deixando os próximos passarem, vi até um caso de necessitar de socorro por estar passando no meio da mata no trecho de maior dificuldade. Cometi só um erro, de escutar um comentário na largada de que haveria uma subida não tão expressiva no final foi o que me fez segurar nos últimos seis km, onde sinto que poderia ter puxado.

Uma excelente prova com vários participantes e o contato com a natureza tornando o evento brilhante.

Abraços


Antonio Ribas

CIRCUITO WAVE RUN 2014 - 1ª ETAPA - 24/08/2014

Neste domingo, dia 24, foi realizada a 1ª etapa do CIRCUITO WAVE RUN de Santa Catarina.
O circuito terá três etapas, sendo a 2ª no dia 13 de setembro e a 3ª etapa no dia 15 de novembro, ambas noturnas.
O evento foi realizado no Caledônia Private Village, um imenso condomínio localizado na cidade de Camboriu.
Participaram do evento, eu nos 10 km, a Kátia e a Luisa nos 5 km. 
A largada foi as 09:.10 h, sob um sol de 32º em pleno agosto.
O trajeto de 10 km em duas voltas, sendo 100% no interior do condomíinio, todo em asfalto, sendo que poderia ter sido feito em uma unica volta, pela imensidão do mesmo.
Uma única subida, curta, mas íngreme logo na largada. Pontos de hidratação dentro das conformidades e a sinalização feita com cones, pois era fácil os atletas cometerem erros se não houvesse os mesmos.
O evento é idealizado pela Academia Wave em parceria com a Assessoria Educative.
Uma prova interessante, com uma ótima estrutura montada e um ótimo kit também.
No final, acabei sendo agraciado com o terceiro lugar na categoria, recebendo um bonito troféu.
Estiveram no apoio como fotógrafos, o Paulo Foggiatto e o Adilson.
Agradeço a companhia de todos.

FOTOS

Claudio Luiz Guras

MARATONA CAIXA DA BAHIA - SALVADOR - 24/08/2014

Em primeiro lugar, obrigado meu Deus, por ter me dado forças, saúde e alegria para vencer mais este desafio.  Esperei por muitos anos até Deus preparar o dia em que faria minha primeira corrida em minha terra Natal. Quando das minhas férias em março , férias estas tiradas na Bahia, eu decidi que retornaria à minha terra ainda este ano, para participar da Maratona de Salvador. Neste ano de 2014 é a segunda edição desta Maratona . Fiz minha inscrição no começo de Abril , iniciei  todo o processo de logística que envolve participar de uma corrida fora do local em que vivemos. Não vou aqui dizer que me preparei para participar desta Maratona ,tendo em vista que nós que fazemos da corrida nosso controle de qualidade de vida devemos esta sempre preparados. Um dia antes da minha viagem, fui surpreendido com uma forte virose Intestinal, fato este que independente de sua duração já estava comprometendo minha participação na Maratona. Falei em casa que se o problema persistisse eu corria o risco de não viajar.  No sábado pulei cedo da cama como sempre o faço eu fui para o aeroporto, como não tinha me alimentado nada na sexta-feira não correria o risco de ficar indo a todo momento no Toalete do avião . Passei o sábado inteiro também sem me alimentar e  beber nada pois nem líquidos o organismo estava aceitando,  falei com o  presidente da nossa equipe CLAUDIO GURAS, das minhas condições físicas e que as chances de não poder correr eram grandes. Sábado á noite o intestino deu sinal de melhoras , mas para quem já estava debilitado fisicamente o que adiantaria? Pensei comigo mesmo seja o que Deus quiser , estou há quase 48 horas sem me alimentar só tenho uma escolha a fazer, tenho que comer alguma coisa, e não pode ser sopinh  ,tem que ser algo mais forte. Fui ao restaurante do hotel e comi uns filés de frango, arroz, batatinha cozida e ainda ataquei a sobremesa. Rsrs . Voltei para meu quarto e fui descansar esperando pela chegada do sono , ou o intestino me falando que eu tinha ficado louco . Dormi que nem uma pedra nem o jornal nacional consegui assistir.  As cinco horas da manhã eu já me encontro na portaria do hotel aguardando o taxi que me levaria ao  local da largada da Maratona. Cheguei cedo como sempre faço, gosto destes momentos de concentração que antecedem a largada de uma Maratona. Foi dado a largada e os atletas saíram correndo, cada um com seus objetivos.  Já o meu  era simplesmente concluir a Maratona dentro do tempo estipulado pelos organizadores. Larguei naquele meu famoso ritmo de Tartaruga , o qual já faz parte do meu jeito de correr. Com sinceridade quanto ao sol eu já me encontrava preparado psicologicamente, mas quanto as dificuldades da corrida nem de longe eu imaginava. Temos na mente quando pensamos em uma Maratona ao nível do Mar que ela vai ser fácil. Não estou aqui para fazer teatro, na minha opinião até mesmo porque não falo pelos outros atletas , esta Maratona é difícil, i ndependente das condições físicas que o atleta se encontre.  Já corri as Maratonas de Porto Alegre , Florianópolis e Rio de Janeiro , estas sim eu considero planas em relação a Maratona de Salvador.  Fui bem  dentro do que tinha previsto até o Km 23 ,este bem é entre aspas. No Km 25 encontrei um atleta de nome Fabiano Valente que se encontrava parado, perguntei para ele se estava tudo bem e ele me disse que não aguentava mais, que iria desistir da corrida, e eu falei para ele: -Você não vai desistir nem a pau amigo. O bom do atleta é esta intimidade que nos une e  temos a liberdade de chamar uma pessoa de amigo sem nunca a termos visto na vida . Perguntei para o Fabiano se eu podia ficar ao lado dele, pois assim nós dois nos ajudaríamos, tendo em vista que meu estado físico naquela altura da prova já era bem debilitado face aos efeitos da  virose intestinal . Perguntei para ele há quanto tempo estávamos correndo, ele me falou o tempo e  de imediato eu lhe falei: -Ainda temos tempo para concluir esta prova.  Agora era o momento da fase técnica da corrida, o momento de você administrar. Também falei que só andando nós não concluiríamos no tempo restante.
Temos que tentar correr onde der para correr e andar  nas subidas.  No estado em que estávamos era loucura tentar correr nas subidas, pois não tínhamos mais energias para tal proeza . Nos 17 Kms que estivemos juntos eu tive a oportunidade de saber que estava correndo ao lado de um  " VERDADEIRO GUERREIRO "  o Fabiano é um ex sedentário, com 40 anos de idade e que pesava 148 quilos, casado e pai de três filhos . Neste momento eu lembrei de um outro Guerreiro , nosso amigo ELCIO PAMPUCH da nossa querida equipe JACARÉ DE CONGA. E pensei, que  se for para eu cruzar a linha de chegada sem este jovem senhor ao meu lado, eu não o farei . Quanto a minha pessoa, caso eu não completasse a corrida tudo bem, tinha um motivo nobre para justificar minha desistência . Mas deixar o Fabiano abandonar a corrida nem morto. Até mesmo porque ele tinha muitos amigos e familiares esperando por ele na chegada. Outro ponto determinante da corrida  é quando  não sabemos mais de onde tirar energias e ânimo para terminar uma prova. Deus sempre coloca um anjo para nos renovar e ao mesmo tempo nos mostrar que não estamos ali  só para correr,  mas também para incentivar outros atletas.  Ambos mortos, mas acima de tudo felizes finalizamos a Maratona no apagar das luzes com o tempo de 05h:45m . 

É o que eu sempre digo o importante no meu caso é concluir uma corrida. Meu tempo é o tempo de estar ali, me sinto um privilegiado em participar de qualquer corrida. Muitas pessoas principalmente na minha faixa etária já não tem, ou não terão esta oportunidade. Agradeço a meus familiares, aos membros da nossa QUERIDA EQUIPE JACARÉ DE CONGA , aos amigos, admiradores,  leitores, a todos os atletas que participaram desta Maratona, juntamente com seus familiares. Igualmente agradeço a organização pela perfeita estrutura montada para a segurança dos atletas, pela água e isotônico, uma estrutura de fazer inveja, tal a  quantidade deágua e isotônico à disposição dos atletas.

Atenciosamente com carinho,


RUDIVAL GOMES

CAMINHADAS DA NATUREZA - CIRCUITO DO MANANCIAL - 24/08/14



Mais uma caminhada para a lista! Acompanhada da família Tosin, participei da caminhada no município de Balsa Nova neste domingo dia 24 de agosto.
Com um percurso de 11.200 m, um dia belíssimo e um trajeto espetacular, o domingo não poderia ter começado melhor. 
Muitas pessoas presentes, percurso bem sinalizado, vários pontos de hidratação. Cada ponto de apoio contava com algo a ser visitado, incluindo uma casa container.
Agradecendo às companhias, Otávio, Rose, Marcos e Bruno, e aguardando outras etapas!

Claudinha

CIRCUITO SESI - ETAPA BOSCH - 24/08/2014

Domingo, 24/08/14, aconteceu mais uma etapa do Circuito SESI de Corridas Rústicas das Indústrias. Com a viagem de nosso presidente fiquei responsável por instalar e cuidar da tenda de nossa equipe nesse evento. Porém, como em meu carro não cabe a tenda tivemos que pedir ajuda aos colegas. Grandes amigos e parceiros da Assessocor, Edson Bortolaci e Gilson Calsavara, que nos ajudaram nisso, levando a tenda em seu carro. Valeu irmãos!
Quando chegamos ao local a tenda já estava em seu local, bem instaladinha ao lado da Assessocor, e foi só “recheá-la” com todos os apetrechos que eu levei.
A jacarezada foi chegando naquela animação de sempre. Ao todo estivemos em 24 nesse evento, entre atletas, acompanhantes e crianças. Destaque para alguns que estiveram pela primeira vez em uma prova oficial, meu cunhado Edenir, que fez um tempo extraordinário, e meu amigão Marquinhos, que adorou a experiência e já se animou para entrar para o nosso time!
O sol forte fez com que sofrêssemos muito durante os 13km, mas como bravos guerreiros todos cumprimos a missão dada nessa bela prova, e ao final quem quis pôde degustar do chopp (e muitos quiseram!!), refrigerante, muita água, frutas e até bombom!!!
Foi mais um exemplo de organização nesse Circuito que dá show em matéria de corridas. Não importa onde é a etapa o nível sempre é excelente! Essa em especial trouxe um diferencial, que foi a categoria “Trabalhador Bosch”, um exemplo de empresa investindo e incentivando os funcionários à prática esportiva. Com certeza esses gestores sabem que promovendo saúde e esporte estão na verdade economizando, na medida que seus funcionários estarão ficando menos doentes e faltando menos ao trabalho. Isso é gestão inteligente! Parabéns BOSCH!
De minha parte, a não ser que alguém tenha algo a se pronunciar, Corrida NOTA 10!!!
E nota 10 também são vocês queridos Jacarés!!! Cada evento ao lado de vocês é sempre um a mais para guardar no coração!!!  
ABRAÇOS!!


SAMUEL SILVA


CAMINHADAS DA NATUREZA - QUATRO BARRAS - 17/08/2014

Neste domingo, foi realizada mais uma caminhada do circuito CAMINHADAS da NATUREZA, que aconteceu no município de Quatro Barras, no caminho dos Jesuítas.
Apesar das fortes chuvas que ocorreram no sábado e da baixa temperatura na manhã de domingo, eu, Maria Luisa, Bruno, Claudinha, Marcos de Antoni, seu Otávio e dona Rose estivemos presentes no evento.
Uma excelente organização por parte da Sec. do Meio Ambiente de Quatro Barras.
10 km totalmente em estrada de chão, com muitas subidas íngremes e muita lama.
A grande surpresa foi que em determinado ponto da caminhada, encontramos no caminho uma mesa muito bem preparada, com biscoitos, café, suco, água e outros alimentos, sendo que  tudo foi fornecido por uma moradora da região gratuitamente.
Que DEUS ilumine àquela moradora, que sem conhecer ninguém, ofereceu e proporcionou um momento agradável e saciou a fome e sede de alguns caminhantes.
Durante todo o percurso o clima foi muito agradável e havia um numero expressivo de participantes, onde encontrei outro colega corredor participando da caminhada.
Uma excelente manhã na companhia de pessoas tão queridas e de alto astral.
Parabéns ao seu Otávio e a Dona Rose que já na segunda caminhada que participam, estão apaixonados pela prática desta atividade e ao Marcos de Antoni que fez sua primeira corrida de 10 km na noite anterior, participou tranquilamente da caminhada.
É só dar o primeiro passo e seguir em frente......que o nosso corpo e nossa mente agradecem.

VALEUUUUUUUUUU!!!


Claudio L. Guras

SUPER NIGHT RUN - 16/08/2014


Em 16/08/2014, um sábado muito chuvoso e gelado alguns Jacarés não se intimidaram 

com o clima e participaram da Super Night Run, corrida temática realizada durante o Curitiba 

Motor Show, com o slogan: “Quem disse que no autódromo só se corre de carro?”

Uma ótima estrutura montada nos boxes do autódromo, largada no retão, pista larga, 

proibição da participação de pipocas, largadas separadas nos 5 e 10km com direito a show 

pirotécnico, staffs com os carros na pista durante o percurso, iluminando e animando muito a 

corrida, percurso passando entre os maravilhosos carros em exposição. Tudo muito bom e 

perfeito até a chegada na divisão 5/10km. Ali infelizmente houve uma tremenda confusão e os

responsáveis não souberam informar corretamente o percurso que deveria ser feito por quem 

estava em cada trajeto. Resultado? Muitos atletas voltando na contramão, muito brabos, 

tiveram que correr mais do que pretendiam, e ainda perderam muito tempo. Outros 

abandonaram a prova por não terem mais expectativa de alcançar seus objetivos. Ao final 

muita reclamação por parte de alguns e risadas por parte de outros que preferiram não se 

estressar. Ouvi muitas histórias... alguns preferiram correr 10km em vez de 5. Outros 

abandonaram e voltaram pelos boxes. Outros ainda encontraram “atalhos” que só eles 

sabiam explicar por onde passaram. 

Infelizmente apenas mais um exemplo de desorganização envolvendo staffs, o que 

tem se tornado comum nas corridas em nossa região. O pessoal de apoio, 

leigo,desinformado e despreparado não tem culpa, mas sim os organizadores que não os 

capacitam e se preocupam com cada detalhe. Juro que não queria escrever esse texto, para

não precisar fazer esse relato ruim, mas, foi comum acordo entre os jacarés presentes que 

isso deveria ser Resumindo, somando os pontos positivos e negativos, nota 6,5 pra corrida, 

na minha humilde opinião!

Abraço a todos

Samuel Silva












PROVA PEDESTRE DA PMPR - 16/08/2014

No dia 16 de agosto foi realizada a 18ª PROVA PEDESTRE DA PMPR - Prova Coronel Sarmento, com largada as 20 horas. Como choveu o dia todo, estávamos na expectativa se a chuva daria trégua para que os amantes da corrida invadissem as ruas, e para nossa alegria isso aconteceu, céu limpo na largada.
Uma prova super bem organizada, com separação das largadas, sendo que as 20 horas largou o público geral para os 5 km, em seguida os militares, e as 20:10 geral dos 10 km, todos com direitos a fogos de artifícios.

Entre os jacarés participantes, claro que estava nossa linda Claudinha, devidamente vestida como Militar que é, e um detalhe que me chamou a atenção foi que os Militar tinham opção de correr com farda.
Graças a Deus todos terminaram a prova bem e mais uma vez com grande alegria, até porque no ginásio eles estavam dando pipoca e algodão doce... rsrs... pense em uma povo feliz.
Mais uma vez tentei acompanhar meu grande amigo Carlos, que me deu força suficiente para terminar super bem, As categorias foram divididas em 8 anos, e para minha alegria subi ao pódio, 2° Lugar na categoria, também ao pódio Claudio Aurelio, 2° Lugar na categoria, 

Gostaria de agradecer a Maria Helena, Carlos, Rose e Claudio por aguardar a premiação, pois o frio que estava eles ficaram esperando junto com essa criança que vos fala subir ao pódio.

Kelly Alessandra 

MARATONA CAIXA DE SANTA CATARINA - FLORIPA - 17/08/2014

Em primeiro lugar,obrigado meu Deus por ter me dado o privilégio de participar de mais uma corrida . Sai de Curitiba as 05:00 h da manhã com muita chuva, bem cedo pelo fato de ter que pegar o Kit em um horário estipulado pelos organizadores. Horário este que achei curto para os atletas de outras localidades. Face aos cuidados necessários na viagem devido a chuva, cheguei às 10:30 h em Florianópolis. Encontrei com facilidade o local da entrega do Kit, pois com o GPS não temos mais dificuldades em encontrar um endereço. Encontrar o local da entrega do Kit foi maneiro como falam nós os jovens. O pesadelo consiste em encontrar um local para estacionar o veiculo, me desculpem um tédio. Depois de muito tempo procurando encontrei um. Ai entrou minha sorte em ação ao parar o carro no local permitido para estacionamento tinha um rapaz parado em frente uma a caixa, um poste, um computador com sinceridade sei lá o que é aquilo. Mas que é moderno não resta dúvida. Cobra criada do jeito que sou perguntei para o rapaz o que era aquilo e ele prontamente me informou que era ali que eu pagaria pelo estacionamento. Sem modéstia nenhuma pedi para ele me auxiliar caso contrário com certeza estaria la até hoje tentando me entender com aquele computador. Um detalhe você não necessita nem colocar o tique no painel do carro, quando a moça passa olhando se o carro está legalizado ela simplesmente digita no celular a placa do carro e já aparece se o carro está certo ou irregular. Tenho que continuar correndo,   pois muitas  tecnologias vieram para facilitar a vida das pessoas. Eu que sou de mil novecentos e antigamente estou me deliciando com estas coisas modernas, e ao mesmo tempo me tornando moderno também. kkk . Peguei meu Kit e fui direto para o hotel com um tempo feio de garoa, não permitindo nem um passeio pela orla. Acordei cedo para ir ao local da corrida, um pequeno imprevisto o endereço da corrida não tem no GPS, pergunta daqui , pergunta da li e nada . Então optei em ir a pé face não estar muito longe do local, e também ainda tinha o tempo limite para pegar o CHIP. Depois que o porteiro me indicou como proceder para chegar no local da corrida, dei uma olhadinha na hora e achei mais prudente ir correndo assim não comprometeria o tempo para pegar o CHIP e ainda me aqueceria para correr os 42 Km da Maratona. As 07:30 h foi dado a largada da maratona, tendo em vista que as 07:00 h largaram os Cadeirantes e os corredores credenciados a largarem com eles. As 07:15 h largou a elite feminina. A Maratona de Florianópolis é sem duvida uma maratona muito linda, mas infelizmente ainda não caiu nas graças dos corredores, não sei o porque mas infelizmente poucos Maratonistas presentes. Já na corrida dos 10 Km estava lindo de ver muitos atletas participando, quando eles estavam no Km 2 tive o privilegio de ver pois todos passaram ao meu lado no sentido oposto em que me encontrava. O Sol no domingo principalmente no horário da maratona se fez presente e nos castigou muito. Não vou aqui dizer que tirei de letra mais esta Maratona, pois se assim o fizer estarei mentindo e sendo desonesto. Tive sim dificuldades como sempre as terei, mas isto é normal nosso corpo nem sempre responde de acordo com aquilo para o qual está preparado. No meu caso, que não corro por tempo, procuro sempre administrar meu tempo tendo em vista que em qualquer corrida que eu participo, meu objetivo principal é largar e chegar independente da colocação. Já sou um privilegiado pelo simples fato em estar ali participando. Meus agradecimentos para os organizadores pela excelente estrutura montada para atender os atletas, com água, isotônico, sal e banheiros,  nota 1.000 . Também agradeço a todos os atletas que deram um toque especial nesta corrida na ilha da magia denominada Florianópolis . Agradeço igualmente meus familiares, os amigos da nossa gloriosa Equipe de Aventuras JACARÉ DE CONGA,  leitores e admiradores.
Com carinho,


RUDIVAL GOMES

15º ETAPA SESC - CAMINHADA E CORRIDA DE RUA - 10/08/2014

Uma ótima manhã que não estava tão fria, e uma longa caminhada do estacionamento até o local da largada.

Chegando na concentração , encontrei o  Claudio que já estava utilizando da tenda da Assessocor para guardar seus pertences, e eu claro fiz o mesmo.

Pudemos observar que haviam várias pessoas que foram para correr sem inscrição. Possivelmente é em razão da exigência do atestado, nem todos os atletas puderam atender as solicitações exigidas pelo sesc.

Um excelente percurso , dentro e fora do quartel.

Quero agradecer ao amigo Gabardo por toda atenção e ter retirado meu Kit, eu trabalho no sabádo e não teria como retirar.

Agradeço a Deus por mais este domingo tão bacana e especial, pois encontrar os amigos e fazer o que se gosta é uma benção maravilhosa.

Um grande abraço a todos

Adri Alves


ULTRA MARATONA MORRETES/GUARAQUEÇABA - 09/08/2014



Eis que é chegado o  dia e Hora para ultra maratona dia 09 de Agosto de 2014.
Mas a preparação para encarar este desafio começou lá em 2013...
Ao término da ultra de 2013, eu (Wagner), Robson e Rudival, já planejávamos a ultra de 2014 com quilometragem maior foram 11 meses de treinos longos sem fim de semana quase perdendo a vida social, mas para quem tem um objetivo tudo vale a pena, surpreendente ver meu irmão Fabiano Teis falando que também faria a Ultra e logo que Fabiano Bissule também faria, pensei poderiamos ter mais JACARÉS nesse desafio; Convidei meu outro irmão Márcio mais conhecido como Sassá que relutante mas falou "tô nessa também"  eramos 6 cuecas ultras na prova faltava uma figura femenina e ai apareceu Thaty para fechar o timaço de ultras JACARÉS DE CONGA, o time ficou assim
Robsom 105k, eu (Wagner) e o Rudival 80k, Fabiano Teis, Sassá e Fabiano Bissule 52k e Thaty 30k!!!
Kits retirados já uma semana antes para quem era de Curitiba e região, a ansiedade e adrenalina já pulsava nas veias, mas concentração, pensamento positivo, cada atleta do seu modo particular. Eis que chega o fim de semana, então bora correr... Sábado dia 09/08/2014 ainda de madrugada partiram rumo a Morretes...  A hora tinha chegado fomos eu (Wagner), Fátima, Deisiane, Robson e no caminho apanhamos Rudival , exatamente 5:30da manhã já em Morretes na praça Coreto a 1ª largada com o Robson  fazendo sua estratégia para a prova, eu (Wagner) e o Rudival fomos levados a 2ª largada que era fim do asfalto início da estrada de chão na ponto chamado Rio 1° de fevereiro, após 2:10hs passaram os primeiros competidores dos 105k e largamos nós dos 80k, uma prova sensacional com belas vistas, subidas ingrimes, barro, pó, suor,  companherismo e  tudo que um ultramaratonista  gosta com o apoio perfeito dos nossos ultras staffs Fátima e Deisiane, íamos rumo a largada dos 52k perto de tagaçaba na lanchonete da Corina!!! Mas esta parte é com você Sassá!
Bom vou atrazar um pouco pra variar tá, rsrsrsr...
Saímos rumo a Morretes Eu (Sassá) minha Esposa Adriana filhos Guilherme e Miguel; Já no caminho nos aguardando o Jaca Fabiano Teis sua esposa Kellen e seu Filho Yago, descemos a serra com muita neblina mas tranqüilo, passamos por Morretes já com o dia claro onde a largada foi dada as 5:30Hs como disse o Wagner para os atletas da categoria de 105K, logo mais a frente já avistamos os atletas da prova , onde começamos de imediato o apoio aos mesmos, o Jaca Robson seguia firme, servimos água, isotônico, e seguimos em frente passamos sobre o Rio 1° de Fevereiro de onde partiu os atletas da categoria de 80K, mais a frente no apoio também encontramos a Fátima e Deisiane, aguardavam para apoiar o Robson, pois o Jaca Wagner e Rudival já Haviam largado, conversamos um pouco e seguimos incentivando e apoiando aos atletas, passamos o Jaca Rudíval perguntamos se precisava de algo até aquele momento, ele respondeu que não que estava tudo bem, então desejamos boa sorte e seguimos, mais a frente passamos o Jaca Wagner e encontramos o Casal Samuel e Tati com seu filho Daniel e um amigo também no apoio, aguardamos um pouco batemos algumas fotos pra não perder o costume ,rsrsrsrs...
Seguimos em frente para o ponto de partida dos 52K, na Lanchonete da Corina, encontramos com o Jaca Fabiano Bissule sua esposa Lilian e um casal que estava no apoio, e outros atletas conhecidos já; o horário previsto era entre 10:00 e 10:30, mas o primeiro atleta estava voando... Largamos as 9:25 , sai no ritmo bem tranqüilo sendo, bem dizer, o ultimo a largar, mas logo percebi que o Fabiano Teís não havia largado, na concentração acabou deixando o chip no carro, não lembrava se dentro ou em cima do mesmo relatou ele ao alcançar-me, conversamos um pouco mas como a concentração estava forte logo acabou o assunto, rsrsrsrsr..... Mais a frente quando paramos no apoio das EXCELENTÍSSIMAS esposas (Adriana Porto, Kellen Franco) nos aguardavam após 5km novamente ele procurou seu chip quase virou o carro mas nada do dito chip, então sua esposa Kellen voltou até o ponto de largada para tentar encontrar o mesmo, porem sem sucesso, seguimos mesmo assim,o Fabiano com preocupação por não estar com chip, então respondi a ele se ficou sobre o carro alguém iria achar e entregar a organização, mas já que estamos junto no final veremos o que dá... E assim fomos vencendo o desafio Km a Km, durante todo o trajeto sendo apoiado não só por nossas EXCELENTÍSSIMAS esposas, mas também por outros apoiadores, tanto de atletas como os fixos elaborados pela organização (Correr e Nadar,que deu um show na organização).
Seguimos firme derrepente ouvimos alguém gritar EITA JACAREZADA vocês tão voando!!! Disse a Fátima e a Deise, que também estavam dando apoio ao Robson, perguntaram se precisavamos de algo e passaram por nós e seguiram em frente;
Pois o Jaca Robson já estava com o apoio de Sua EXELENTÍSSIMA esposa Mirian, sua filha Melissa (a Mel) juntamente acompanhada do Sr Jair e Dona Leonilda.(Pai e Mãe da Mirian)
 O Fabiano hora puxava o ritmo, hora eu (Sassá) puxava, e assim fomos vencendo pouco a pouco o desafio... Conta aí Fabiano...
Oh Sassá e leitores, é a primeira vez que escrevo para o blog, mas vamos lá então!



" Correr é bom, mas correr na companhia de quem você gosta, admira e tem prazer em estar ao lado é muito bom. Sou meio fechado, converso pouco, mas com as pessoas certas sabemos nos relacionar e nos apoiar. Já tinha falado para o Sassá, que se não fosse ele teria terminado a prova andando, mas não poderia deixar que isso contaminasse quem estaria prestes a quebrar todos os seus recordes e foi assim com o Sassá, quebramos a barreira de km dele dos treinos pois para quem só treinou no máximo 32, quando alcançamos a quilometragem de 42Km estávamos próximos do ponto de apoio e foi uma alegria só saber que meu amigo já era maratonista e que daquele ponto mais 10 km se tornaria um Ultra maratonista, um ultra amigo, um ultra irmão. Foi assim vencendo as subidas e sofrendo nas descidas que nos tornamos oficialmente ultras, pois eu também era a minha primeira vez que participava de uma prova oficial com esta distância. Agradeço a Deus por ter colocado pessoas como família JACARÉ DE CONGA em nossas vidas, pois mudou muito, não só a minha vida como meu relacionamento com minha esposa e meu filho. Orgulho de ser amigo particular do Wagner e sua família, do Robson e sua família do Rudíval e espero ser assim com todos.
Na segunda feira quando cheguei no trabalho falava de boca cheia que tenho um amigo/irmão que correu 105 km, outros dois amigo/irmãos que correram 80km, meu parceiro de corrida e eu fizemos 52km e uma amiga querida que fez 30Km. Não tem preço que pague esse final de semana no sábado ter se tornado Ultra Maratonista, no domingo dia dos pais e niver da minha esposa, estar em um lugar que é maravilhoso, simplesmente show.
Ano que vem 80km é a meta a ser alcançada." Termina Sassá...
Então tá!
Durante este tempo também passou por nós o Samuel já no caminho rumo ao  mercado Carlinhos onde a Thaty fez a largada dos 30Km.



É para quem nunca tinha participado de uma maratona estar participando de uma ULTRA, dizem que é loucura mas para quem corre sabe o quanto é gratificante concluir o desafio desta magnetude, agradeço primeiramente a Deus por esta conquista, a você Fabiano por ter acompanhado junto ao meu lado este desafio, e minha esposa Adriana, que não mediu esforços para que tudo ocorresse da melhor maneira possível já que meus filhos estavam acompanhando no carro, imaginem o Miguel com apenas 11 meses, o Guilherme ainda levou uma ferroada de abelha no dedo, também a Kaylaine que ajudou a cuidar do Miguel, a Kellen Yago dando todo suporte ao Fabiano, e também sendo solidárias aos outros atletas não importando qual era equipe, categoria, kilometragem, em fim show...
  
Após concluir a prova,Hidratação, massagem, gelo, sentar para descançar aparece a Deisiane que chegou de carona solicitando ajuda para rebocar o carro que a Fátima estava dando apoio, devido a batida de uma pedra embaixo do motor acabou danificando e vazando óleo, do motor prontamente, minha esposa Adriana foi dar suporte aos jacarés que ainda estavam por terminar a prova, o Samuel já saiu atráz para encontrar ajuda para rebocar a Fátima. Assim que voltou com uma corda, fomos com o carro do Fabiano para rebocar, não foi preciso!
Aqui vale ressaltar (a hospitalidade e apoio dos moradores de Guaraqueçaba, que assim como fazem os velhos amigos não mediram esforços para nos ajudar, sem ao menos nos conhecer...) Show de bola...
Socorro resolvido entrou em cena o Jéferson Miguel um morador da cidade que prontamente se pôs ao dispor para solucionar o problema com o carro, depois de rebocado na estrada, levamos o mesmo até sua casa, colocamos sobre uma rampa improvisada  e viramos mecânicos para resolver junto com ele o problema, Fátima foi comprar óleo, Wagner chegou muito bem no final da prova e foi ver a situação do carro.
Remendamos o furo que houve com a batida da pedra com durepoxi que o Jéferson tinha, sanou o vazamento,  colocado óleo novamente, depois de uma hora e meia mais ou menos,  voltamos para o ponto de chegada da corrida (Praça na Bahia de Guaraqueçaba) pois ainda havia atletas a concluir a prova, fomos do jeito que estávamos tudo cheio de graxa, óleo , fomos em um restaurante jantar pois ninguém é de ferro, rsrsrsrs ...O pessoal do apoio já haviam se aconchegados na pousada, tomado banho tudo certinho, e nos aguardavam...
Todos reunidos parabenizando todos atletas ali presentes por tudo inclusiva atletas de fora como de;(Brasília Df, Santos Sp , Cascavel Pr e outros mais), foi muito gratificante, comentários do apoio espetacular de todos para a organização...
Cantamos parabéns para Kellen antecipado, que foi agraciada com presentes...
No domingo pela manhã tomamos um café maravilhoso na pousada tiramos mais umas fotos e passamos na casa do Jeferson para agradecer mais uma vez por tudo e retornamos para São José...   Já Falei demais agora é com vocês nos comentários, valeu...

FOTOS

Wagner , Fabiano Teís e Márcio (Sassá)

78ª CORRIDA DA LUA CHEIA - PARQUE TINGUI - 06/08/2014

A 78ª Corrida da Lua Cheia foi uma edição especial da OAB Paraná em comemoração ao Dia do Advogado. Percebe-se que é uma categoria bastante corredora, pois notamos um número maior de participantes que o normal. Segundo os organizadores, havia mais de 600 inscritos. No sábado (09/08) pela manhã, treinei no Parque Barigui e presenciei outra corrida com alguma homenagem aos advogados:  2ª Corrida Contra o Relógio - Rei e Rainha do Parque. Dei uma olhada no site da OAB Paraná pra pegar dados para este texto e descobri que eles têm uma Comissão de Esportes! Eu, psicóloga, vou até verificar se tem algo parecido no Conselho Regional de Psicologia porque sei que tem um número bem significativo de psicólogos corredores.
Esta corrida, que acontece mensalmente no Parque Tingui, tem me causado muito divertimento pela animação dos jacarés que enfrentam um trânsito tenso depois de um dia de trabalho pra chegar no Parque Tingui e ainda correr em várias condições adversas de tempo (não lembro de nenhuma sem chuva ou sem frio).
Os jacarés participantes variam a cada etapa, mas temos um grupo que está firme e forte no objetivo de ganhar o troféu “Corri Todas” no final do ano. Nesta quarta, estavam presentes os seguintes jacarés: Adri Alves, Natali, Alessandra, Andrea Favoretto, Ciomara, Paulo Correa, Márcio e o nosso presidente Cláudio, que teve função de “porta-treco” da turma já que estava muito frio e tinham muitos casacos e chaves de carro envolvidos.

Eu não tenho pernas pra disputar pódios, mas quero sempre melhorar meu tempo e a parte boa de repetir várias vezes o mesmo percurso durante o ano é que ficamos mais conscientes das nossa evoluções (ou não! hahaha). Eu estagnei no tempo, mas consegui um 6º lugar na categoria nos 4,3km que tem um enorme valor para mim.   
E que a diversão continue nas próximas etapas! \o/

Até a próxima prova!


Suzane Oliveira


CIRCUITO DAS ESTAÇÕES CAIXA - INVERNO - 03/08/2014

Neste domingo, dia 03 de agosto, foi realizada a etapa INVERNO do CIRCUITO DAS ESTAÇÕES CAIXA.
O evento foi realizado na Universidade Positivo, em Curitiba.
Participação em grande número dos AMIGOS da EQUIPE JACARÉ DE CONGA, onde não irei mencionar nomes para não cometer equívocos.
Após um longo período sem participar dos eventos na região, estive presente, onde contando com a colaboração do Marcio Cristovão, Paulo Correa e do Samuel, instalamos a tenda, sendo o ponto de encontro da EQUIPE. 
Milhares de participantes nesta etapa, sendo os percursos (5km e 10km) muito bem elaborados, sinalizados, vários pontos de hidratação e principalmente a segurança dos corredores, pois todas as vias estavam fechadas ao transito.
Houve uma reunião com a presidente da ATCC na madrugada, onde ela colocou alguns pontos de sua administração e também informou que o seu mandato chega ao fim neste ano, abrindo oportunidade à aqueles que quiserem se candidatar a presidência da ATCC.
Fiquei muito contente por contar com a companhia dos jovens da casa ÁGAPE, acompanhados de sua "pastora", onde cinco deles participaram pela primeira vez de uma competição, onde um deles ao chegar no Positivo, recebeu de um atleta que não iria correr, o numeral e o chip para participar, e concluiu a prova nos 5 km com a expressiva marca de 23 minutos.
Digo expressiva, porque, para quem até então só havia participado de dois ou três treinos no JacaPercurso, e nunca esteve presente em nenhuma competição organizada, obteve um excelente resultado.
O tema da corrida organizada pela Tati em Araucária, vai se tornando algo concreto dentro da nossa EQUIPE, quando nos tornamos solidários e companheiros daqueles que buscam uma nova oportunidade e também procuram reencontrar-se na vida.
Agradeço a todos que colaboraram no transporte, montagem, desmontagem e cuidado com a TENDA, assim como agradeço a Eliana pela inscrição.
Foi gratificante, novamente madrugar, contar com os amigos, rever os amigos, brincar de correr e sentir-se recompensado por fazer parte desta FAMILIA que cresce cada vez mais.
VALEUUUUUUUUUUUU JACAREZADA..........PARABÉNS A TODOS.


Claudio L. Guras

CORRIDA CRIANÇA ESPERANÇA - CURITIBA - 03/08/2014

Na manhã do domingo, 03/08, tivemos a 4ª Corrida e Caminhada Criança Esperança. O evento aconteceu no Parque Barigui, em um cenário de sol, calor, céu azul e muita animação.
Os corredores largaram às 8h para completarem o percurso de 5 km. O valor arrecadado com as inscrições serão revertidos para o projeto Criança Esperança, cuja finalidade é ajudar crianças, adolescentes e jovens de todo Brasil em projetos sociais.
Eu, claro muito feliz por mais este dia maravilhoso, tive a oportunidade de levar uma amiga, a qual realizou sua primeira corrida de rua. Fiquei bastante orgulhosa desta guerreira iniciante, pois completou o trajeto com muita alegria e brilhantismo.
Jacarés presentes neste evento : Eu, José Gracia e nossa atleta de primeira viagem , Jusceli, que já deixou bem claro que está seria a primeira de muitas.

Um grande abraço a todos e até a próxima.

ADRI ALVES

MOUNTAIN DO - COSTÃO DO SANTINHO - AGOSTO/2014

Em primeiro lugar agradeço a Deus por mais esta conquista. Uma Maratona de montanhas é sempre uma corrida recheada de desafios, encantos e superações. Não estou aqui mencionando os fatos que antecedem uma corrida, com o objetivo de tornar o relato mais emocionante. Porém é uma obrigação do relator ser sincero e preciso em seus relatos. Antes da corrida: Fiz uma reserva  em uma determinada  Pousada em Ingleses para ficar mais perto do local da corrida, no momento da reserva fui taxativo no item de que meu quarto deveria estar localizado no local em que eu pudesse dormir a noite sem qualquer interferência de barulhos durante a noite. Infelizmente foi a mesma coisa que eu tivesse pedido para não me deixarem dormir a noite toda. Deitado,  rolo na cama de um lado para o outro e 22:00 horas, .23:00,  etc,etc,etc...Às  04:00 horas já e hora de levantar .Morto, moído e já pensando, meu Deus hoje vai ser terrível, 24 horas acordado e depois ir participar de uma Maratona não é fácil para ninguém, mesmo a pessoa estando no melhor do seu preparo físico. Imagine então ter que enfrentar os desafios de uma Maratona de Montanhas com Dunas ,Trilhas , Estradas de chão e Praias rsrs . Às 06:30 h me desloquei para o local da maratona,´pois JACARÉ não chega atrasado para uma corrida nem morto. A corrida seria as 09:00 horas e tenho tempo de sobra para uma caminhada na praia, tendo em vista que o céu estava lindo, sem nenhuma nuvem. Como falam os aeronautas, um céu de brigadeiro. Uma surpresa, tendo em vista que durante a noite choveu muito. Contemplar o amanhece na  praia é um momento único, um momento para meditar, agradecer ao Criador por tudo que Ele tem feito por mim. Durante a corrida, as 09:00 horas em ponto é dado a largada para os atletas que iriam correr a Maratona e os que correriam a meia Maratona. Adoro a pontualidade isto é mais um dos detalhes em que os organizadores desta corrida são perfeitos e mostram o respeito que tem pelos seus clientes.  Fica aqui um alerta para os organizadores que não respeitam o horário de iniciar as corridas, este fato desmotiva muitos atletas e os mesmos passam a não participar mais de corridas do organizador. Sai correndo no meu ritmo de querer chegar, tendo em vista que não passa por minha cabeça desistir de uma corrida por falta de estratégias ou preparo físico. Sabemos dos gastos que efetuamos para poder participar de uma corrida, ainda mais quando temos que viajar. Este tipo de Maratona é uma corrida que além do preparo físico dos participantes seu ponto culminante é a técnica que os atletas devem possuir para superar seus desafios, face os diversos tipos de obstáculos a serem superados. No meu caso com sinceridade no Km 10 eu já estava morto, não por falta de preparo, mas sim por ter passado  a noite sem ter dormido nada. Na minha opinião o sono para quem pratica esportes faz parte dos treinos e do preparo físico. Para quem deseja ter uma boa saúde, a receita ideal é praticar exercícios físicos e respeitar as horas de dormir. Para complicar ainda mais tinha um sol forte fazendo eu suar muito e derreter igual uma LESMA no sal, rsrs. Um inimigo poderoso sugando as poucas energias que eu tinha para encarar os outros 32 Km pela frente. Quando cheguei no Km onde os atletas da meia Maratona entravam para concluirem a corrida pensei eu vou desistir,vou entrar aqui com eles. Falando comigo mesmo através dos pensamentos eu não vou conseguir concluir esta corrida. Perguntei aos Staffs que horas eram, uma conta rápida me deu a esperança de que eu ainda tinha tempo para concluir a corrida. Tudo bem agora no meu caso o negócio é colocar em prática os conhecimentos técnicos adquiridos em outras competições. Um olho nas placas de quilometragens e outro no relógio . No Km 15 após ter saído de uma estrada de chão de aproximadamente uns 6 Km, com uma leve subida daquelas que você não da nada, mas para quem ta morto é o bicho, rsrs. Neste ponto de hidratação, tem até uma ambulância parada já de portas abertas sorrindo para você, lhe convidando para desistir .Pergunto a hora e para onde devo ir o staff indicam a direção, quando olho para a direção indicada, podem rir se quiserem aquele pensamento cruel vem novamente não vou consegui. Tenho pela frente 7 Km na praia sobre um sol que ja estava fazendo de min um torresmo, as pernas não respondiam mais aos comandos do céerebro. Com muita luta, esforço e determinação, cheguei no Km 22 não tenho bem certeza. Neste ponto de hidratação fui atendido como um rei, ou melhor como um morto,rsrs pelas moças. Elas me perguntaram se eu estava bem? Respondi estou no bico do corvo, mas não vai ser desta vez que eles vão me engolir, rsrs. Me hidratei, analisei meu tempo e pasmem neste momento senti uma energia vinda la do meu intimo, tipo assim em ultima hipótese eu tenho 3 horas e 40 minutos para encarar os 20 Km que restavam. Neste posto também é o retorno, as meninas me indicam uma trilha no meio de árvores altas, trilhas estas muitíssimo bem sinalizadas . Finalmente as sombras,  ai que delicia, só eu e Deus correndo naquelas trilhas, ouço o barulho das ondas na praia, pois esta trilha é paralela a praia. Eu sabia que ainda tinha atletas atrás de mim pelas informações que obtive no Km 22.  Cheguei no Km 25  com aquele sorriso, neste momento até um sorriso para si próprio faz a diferença, me mostra que  ainda estou na corrida e com grandíssimas chances de concluir a mesma em tempo hábil. Chego no Km 26 um posto de hidratação com direito até a filmagens,  ouvi estas palavras, não pare : " Você tem que aparecer na filmagem correndo, lá vou eu com dois copos de isotônicos nas mãos e um sorriso para a câmera, tipo assim ainda estou vivo e feliz por estar aqui rsrs. Corro mais um quilômetro. aproximadamente, e a sinalização me conduz  novamente á praia. Chego no Km 29, mais  um posto de hidratação, que também é o Km 15 para quem ainda estava indo. Este posto de hidratação é como um OÁSIS no deserto, e os staff lhe oferecem água, isotônico, chocolates, guloseimas e até uma Coca Cola estupendamente gelada. Ali eu tive plena noção de onde estava, sairia da praia para pegar novamente aquela estrada de chão ja mencionada anteriormente, e cheio de ânimo saio correndo velozmente igual a uma Tartaruga. Cheguei no Km 34 ou 35 onde os atletas da Meia Maratona entaram, neste posto estava estacionado uma ambulância , muitos staffs e alguns membros da organização da corrida, um deste organizadores veio me encontrar com muito carinho e respeito com o atleta Rudival  e me perguntou como eu estava me sentindo? Me deu água e pediu para eu me hidratar bem, face ao meu visível desgaste físico. Até agua gelada o mesmo quis jogar em minha cabeça para eu me restabelecer e seguir em frente. Não permiti a água gelada na cabeça tendo em vista o risco de um choque térmico. Não é aconselhável jogar água gelada na cabeça após muito tempo estando exposto ao sol quente. Falei  que estava bem, graças a Deus, pois até aquele momento além do cansaço eu não tinha sentido nenhum desconforto fisico. Eu ainda tinha ânimo para fazer uma brincadeira e mostrei a ambulância para eles e falei : "JACARÉ não anda de ambulância , no meu caso é muito mais fácil vocês chamarem uma Funerária, porque eu só desisto morto."  Me indicaram o caminho eu até estranhei tendo em vista que tinha visto os atletas da Meia Maratona entrarem ali, e eles estavam mandando eu seguir em frente. Perguntei novamente por aqui? E eles foram categóricos na confirmação, siga em frente. Parece psicológico quando corri uns 500 metros aproximadamente sabem quem me visitou? As câimbras daquelas que parecem pegadinhas, fiz uns alongamentos corri uns 200 ou 300 metros ai a câimbra deu na outra perna,rss sei que falta entre 07 e 08 Km para eu terminar a corrida. Falei comigo mesmo em referência as câimbras nem que eu tenha que ir rastejando, mas eu chego na linha de chegada, corro mais um pouco alongo, ando.  Em um determinado momento um atleta sai do meio do mato, e me pergunta ei de onde você esta vindo? Levei um susto com a pergunta , ele realmente estava na minha frente, respondi para ele que tinha passado no posto de hidratação e que ali os staffs  tinham me indicado aquele caminho em que eu me encontrava. Por coincidência, tinha um staff no local em que ele saiu do mato e falou que eu não estava errado. Eu não uso de ma fé em corridas, nunca jamais cortei caminho em uma corrida. Na minha opinião o atleta que se beneficia deste meio, está enganando a si próprio. Ainda mais no meu caso que corro por prazer. Continuamos correndo em um determinado momento estava passando por mim um carro da organização e eu ainda não estava tranquilo depois que o atleta falou que eu estava errado, expliquei para uma senhora o fato em si e a mesma foi categórica também confirmando que eu estava certo. Continuo correndo capengando e a sinalização me indica praia novamente, chego na praia vejo na minha frente a  Montanha do Costão do Santinho. Não sei o que vem pela frente, penso em primeiro lugar que  tenho que chegar no posto de hidratação, lá cheguei me hidratei perguntei a hora e a direção que deveria seguir. Com todas as dificuldades que ja tinha superado pensei agora é uma questão de tempo. Conversei comigo mesmo a distância que falta é menor que a distância que necessito para me aquecer antes de uma corrida curta, só que com um imenso detalhe vivo,rsrs. Um detalhe muito importante este posto de hidratação está junto a Montanha, quando a moça me falou que eu iria pegar uns 2 Km de trilha na montanha em minha frente eu tremi. Esta trilha é subindo a montanha, subir como com câimbras?  Iniciei  a subida, meu Deus que trilha só pedras grandes, muita lama quase impossível não cair sem câimbras. Já dá para imaginar eu caindo na lama de me estatelar todo . Que alivio ninguém por perto para registrar o momento . Por ter chovido durante a noite na minha opinião a trilha se tornou perigosa. Em alguns pontos da trilha os riscos são muito grandes e real. Teve lugares na subida da trilha que eu simplesmente não saia do lugar face ao grande esforço que tinha que fazer,ai a câimbra vinha e simplesmente me travava, rsrs. Venci mais este desafio consegui subir o morro e desci quando cheguei la em baixo perguntei o caminho para uma staff e ela me indicou:  você vai até aquele posto dos guarda vidas, depois sai da praia e pega o asfalto. Quando ela falou isto eu ja sabia o que viria pela frente uma subida forte, sai da praia e cheguei na  rua muitas pessoas ali uns olhando os atletas,outros passeando  etc.etc. Novamente falei para mim mesmo  eu não vou subir andando, fato este que eu já tinha visto ocorrer com muitos atletas quando da primeira passagem pela mencionada subida. Um detalhe eu ainda tinha uma carta na manga,  já tinha subido ela correndo na primeira subida. Respirei fundo tipo assim só eu e Deus sabemos o que eu passei para chegar até aqui, então eu vou cruzar a linha de chegada cansado sim, mas com garbo e independente da minha colocação na corrida. E assim eu o fiz cheguei de cabeça erguida, como um verdadeiro guerreiro, pois guerreiro é todo aquele que morre lutando, mas não desiste de seu desafio. Quero deixar aqui registrado um abraço ao casal  Sr. ARARI e Esposa, de Goiana, que participaram da meia maratona. Meus agradecimentos aos organizadores da corrida pela magnífica estrutura que vocês montaram para nós os atletas simplesmente brincarmos de correr. Vocês só não alcançaram a perfeição por questão de detalhes, mas este fato não apaga o brilhantismo da dedicação de vocês em tentar nos oferecer o melhor. Agradeço o Sr. André Andrade pela humildade em ter me perguntado se eu tinha alguma critica a fazer em referência a corrida no sentido de contribuir para eles poderem melhorar ainda mais. Sr. André, é através da humildade que crescemos e evoluímos em todos os seguimentos da vida. Na minha opinião como atleta o senhor resolvendo aqueles dois detalhes que eu mencionei, na próxima corrida com certeza vocês estarão perfeitos no quesito organização de corridas. Aproveito o espaço para agradecer meus familiares, os componentes da nossa querida equipe JACARÉ DE CONGA, os amigos, admiradores ,os leitores do nosso Blog e todos os atletas que participaram desta maravilhosa corrida.
Atenciosamente, com carinho


Rudival Gomes