CORRIDAS UNIMED CURITIBA - 27/10/2013


Com a alegria de sempre seguimos nesta manhã de domingo para mais uma corrida bacana e divertida.
Chegamos no local (Jardim Ambiental) às 06:40 h e logo nos encontramos com o Rubens e o nosso amigo Gabardo, sempre com muita animação e entusiasmo iniciamos aquele nosso ritual de sempre ( a sessão de fotos). 
A organização da Unimed sempre muito bem estruturada, animou e levantou os atletas para o aquecimento, nos transmitindo muito energia positiva para iniciar a prova.
A largada aconteceu as 7:30 h, pontualmente.
Jacarés presentes: Rubens, José Gracia e Adriana.
No meu ponto de vista, não houve do que reclamar, muito pelo contrário, só tenho elogios a fazer quanto a organização do evento. Muita água , isotônico e frutas.
Durante a prova fomos agraciados com um sol maravilhoso , mas não estava muito quente, o que tornou a prova muito agradável .
Agradeço a Deus todos os dias e principalmente por mais este dia tão especial e feliz para todos nós.
Um Abraço a todos !
Adri Alves

XIV TRAVESSIA INTERNACIONAL DE BOMBINHAS - 27/10/2013


Prova realizada na praia de Canto Grande, com a presença dos jacas Ciomara e Juninho e também do amigo Felipe Copelli.. Ao chegarmos no local da prova no sábado para reconhecimento da água, fomos recepcionados com chuva e frio, mas nada que nos intimidasse.. Entramos no mar e demos umas braçadas assim mesmo..
Na manha de domingo fomos surpreendidos com um dia lindo, sol brilhando no céu, pessoas motivadas e muita gente! Nunca havia feito uma travessia com tantos inscritos.. Aproximadamente 350 nadadores para os 1500 m e 70 nadadores para os 750 m.. 
Um exemplo de superação, para mim, essa travessia.. O ultimo colocado nos 1500 m masculino foi um senhor, que possuía movimento em apenas um dos bracos, apos ter sofrido um acidente de bicicleta.. O mesmo concluiu seu trajeto com 40 min (menos tempo que eu), nadando de costas para não afundar, ao chegar relatou que esta foi a sua travessia de numero 60 e que pretende realizar 150 travessias ate os 80 anos.. 
Isso sem falar de varios outros atletas cadeirantes, com apenas uma das pernas, autistas e portadores de síndrome de down..
Quero agradecer à Cio e ao Junior pelo convite e pela parceria, ao Felipe por ter encarado a primeira travessia e ter mandado ver, à Lauren que estava presente e ao meu pai que estava la em pensamento e coração..
Que venham as próximas conquistas!


Claudinha

6ª MEIA MARATONA CIDADE DE POMERODE - 27/10/2013

Um evento maravilhoso, que fica até difícil escolher por onde começar, pois a preparação, a ansiedade por participar de uma prova como essa começa bem antes do dia e da hora da largada. Eu(Tati) e o Samuel não aguentamos esperar tanto e na sexta feira mesmo já  estávamos com o pé na estrada, parando antes em Joinville pra aproveitar o clima catarinense antes do tão esperado dia. Já os outros jacarés, de micro-ônibus, no maior clima “família-jacaré” desceram o trecho no sábado, com direito à passeio e pizza á noite, preparando não só o corpo mas o espírito e o psicológico para correr 21 e 6k, afinal, nada como a companhia de amigos tão queridos para nos sentirmos capazes de ultrapassar qualquer obstáculo. No sábado mesmo eu e o Samuel não nos aguentamos e, aproveitando uma vaga que nos foi oferecida no hotel, fomos encontrar com a galera em Blumenau para ficar mais perto da “família” e entrar no clima junto. Domingão de um sol lindo (contrariando as previsões que eram de dia nublado com possibilidade de chuva), seis e vinte de manhã já estávamos na estrada rumo a Pomerode. A largada dos 21k foi ás 8:00, e alguns jacarés estavam estreando na distância, entre eles eu e o Samuel. O medo, a tensão, a expectativa, a ansiedade, a alegria de se correr uma meia maratona pela primeira vez é indescritível, mas no fim o que conta, em cada placa de km que você deixa pra trás te deixando mais perto da tão sonhada chegada, é a preparação pré prova, a vontade de vencer mais esse desafio, o foco e a fé. Com direito a banda típica no meio do caminho, Chopp, e um sol de 30° que nos acompanhou durante todo o trajeto, cada um escolheu a sua estratégia para vencer quilômetro por  quilômetro e chegar no final com certeza de missão cumprida. Numa prova de percurso grande como esse dá até tempo de conhecer outros competidores que em momentos acabam correndo lado a lado. Cito uma experiência que tive no quilômetro 9: sentindo o joelho, com medo de lesionar, parei e andei alguns metros, quando passou por mim um outro atleta e puxou conversa. Eu disse à ele que estava sentindo o joelho e que estava com medo de lesionar, ele me contou que tinha lesionado há dois meses e que estava tratando porém correndo mesmo assim, que Deus o fazia livre pra correr e que por isso ele corria... até ali eu vinha com  força e foco, mas a fé foi o que me fez voltar a correr naquele mesmo instante e não parar mais até o último quilômetro onde me encontrei com a jaca Kelly e chegamos juntas comemorando e festejando no maior estilo jacaré de ser. Houve também jacas que fizeram o percurso dos 6km, cada um superando seus limites, chegaram antes, mas no final pudemos nos reunir e comemorar juntos, cada um a sua vitória, seja de correr pela primeira vez uma meia maratona, seja de superar seus limites ou seu tempo de corrida. Ainda deu tempo de pegar uma piscina no hotel antes de sairmos para um último momento juntos num almoço que estava delicioso, aí então sim... caminho de volta pra casa com muitos troféus, no coração e na memória, troféu de superação, troféu de conquista, troféu de melhor equipe no quesito união, superação e força!
Tati Silva

HALLOWEEN NIGHT RUN - 25/10/2013


Subidas e descidas no Parque Barigui???  Quem viu e sentiu foram os participantes da Halloween Night Run, na noite de 25 de Outubro de 2013. Os jacarés vistos por lá foram o jacasal Lilian e Fabiano Bissule, eu e Karla Glinski.
Dentro do parque, mas em uma área não muito frequentada, a trilha com curvas, subidinhas leves e muito horror foi o auge desta prova, onde se encontrava de tudo: decoração com bexigas em formato de abóbora piscando, coroas de flores, Dráculas, caixões com “mortos” que se levantavam, caveiras pescando aranhas entre as árvores e muitos, mas muitos incentivadores (pessoal contratado pela organização do evento para sinalizar o caminho, que dava a impressão de estarem a cada 10 metros, no percurso desta trilha).
Os participantes capricharam no figurino, equipes inteiras fantasiadas de bruxas, jogadores de futebol americano, diabinhas... e claro as mais diversas, criativas e originais fantasias, de noivas ensanguentadas, bruxas, piratas e por aí vai...
 A diversão foi garantida para quem esteve lá, mas só para aqueles que não se estressaram com as mudanças ocorridas antes da prova... A primeira surpresa veio 5 dias antes, com a antecipação da data da prova em um dia e alteração do horário de largada. No entanto, no dia anterior à corrida os inscritos receberam um e-mail informando sobre nova alteração do horário da largada, antecipando para 20:00 h; no momento da concentração da prova muitas pessoas reclamando destas alterações e pasmem: a largada ocorreu as 20h:30m, ou seja, no horário divulgado junto com a alteração da data!!!!
Foi dada importância à decoração, fantasias, equipe de apoio e premiação, que teve além de vários vale-compras, ainda 2 viagens para a Disney. Mas a organização deixou muito a desejar no quesito sinalização (não havia nenhuma placa e nenhum orientador informando a distância já percorrida), os primeiros atletas dos 9km entraram nos 6 km e por falta de sinalização na chegada acabaram perdendo a prova dos 9 km (fato que não foi divulgado oficialmente), também ficou a desejar a questão da hidratação, que havia em apensas um ponto do percurso e que na chegada demorou para cada participante pegar sua medalha, frutas e chá, visto que havia apenas um ponto para distribuição dos mesmos.
            A diversão inusitada, o alto astral dos atletas e a animação da equipe de apoio – que incansavelmente incentivou os participantes – superou as falhas citadas.
Desta corrida fica a seguinte lição: correr é também se divertir, mesmo com empecilhos, com situações não planejadas!!!


Um abraço,

Tatiana Rabitto


GP SUMMER TRIATHLON - 20/10/2013



SUPERAÇÃO é a palavra que descreve o GP SUMMER TRIATHLON 2013
(750 mts de natação, 20 km de bike e 5 km de corrida)

Realizada em Camboriú e conhecida como a prova mais charmosa do Sul do Brasil é também a mais difícil, pois os atletas têm que subir a “Estrada da Rainha” que tem 500m de extensão e 18 graus de inclinação (pra mim ela tem 90 graus... por que foi pesado pra caramba kkk) e teve que ser encarada em 2 voltas!

Esta foi a prova mais difícil que já participei! Uma mistura de ansiedade, euforia e medo, me acompanharam durante toda a prova, principalmente na natação, onde fui mal pra caracas.

Cansaço, dores e um sol escaldante? Imagine! Aonde??? A força dos amigos e familiares que estiveram lá para nos assistir e/ou participar, dos atletas que nem conhecíamos e de todos os outros que estavam na rua nos dando apoio, me fizeram seguir até o final. CONCLUIR FOI A MAIOR VITÓRIA, já que foram inúmeras as desistências, inclusive as atletas da minha categoria que me deram o 2º lugar de brinde.  

Muitíssimo obrigada ao Juninho que me incentivou muito, encarou seu segundo triathlon e concluiu brilhantemente, abocanhando o 4º lugar em sua categoria, em 1h:22m.

Esta prova vai estar guardada no meu coração!!!!


Ciomara

CORRIDA RÚSTICA DAS INDÚSTRIAS - ETAPA VOLVO - 20/10/2013

Mais um domingo pra se tirar o chapéu.  A previsão do tempo prometia muito sol, mas claro que no primeiro dia de horário de verão, sendo assim adiantados em uma hora, o sol só foi aparecer depois da largada da prova.
Tivemos uma corrida com um dia incrível combinando com os jacarés de conga, um Céu Azul iluminando nosso Manto Azul.
Claudio  chegou  bem cedo para montar a tenda e aos poucos a jacarezada foi chegando e cada um do seu modo, brindando mais um momento especial de encontro dessa família.
Vários jacarés estiveram presentes e exatamente às 8:00 hs deu-se a largada da prova dos que fizeram 5 Km, e às 8:10 hs largaram os atletas dos 10 km , que na verdade fechou num total de 10,7 km.
A organização está de parabéns pela brilhante prova, quanto a distribuição de água, pontualidade nas largadas e aquele sanduíche no final.  Ops enganei-me,  mas os atletas gostaram muito da surpresa naquele pacotinho com cara de sanduíche...(chocolate) oba!
Começamos correndo pelas ruas, com muitas subidas, de dificuldades elevadas até a metade da  prova, mas maravilhoso mesmo foi correr à beira das águas da represa do Rio Passúna. Nestes momentos, meu desejo era de que todas aquelas pessoas que gosto estivessem ao meu lado para, então, olharmos aquela vista , todos juntos.
Um ajudaria o olhar do outro.
O lugar é, realmente incrível, aquele vento no rosto nos trazia um sossego para o corpo e para mente. É um convite à contemplação. E me pego a pensar, como Deus é tão bom; como eu cheguei até aqui? A natureza é tão linda e nos faz tão bem.
É o momento de sentir o cheiro de mato, contemplar a lagoa e deixar por ali o estresse que todos vivemos,  todos os dias, na vida corrida.
Eu que encaro a corrida como um prazer e não uma competição, atiro-me,  nestas oportunidades,  à apreciação do lugar.
Esqueço que corro com um relógio no pulso.
Na minha modesta opinião, ainda que as subidas foram sofridas,  íngremes e pesadas, achei maravilhoso o percurso todo. Reclamei da chegada, porque nunca chegava; foram uns 3 km de subidas intermináveis, mas cheguei mais uma vez  feliz e radiante.
São instantes em que me sinto embevecida de tanta alegria.  E de espírito enlevado  agradeço a Deus por ter me dado saúde, disposição, ânimo e força de vontade para curtir estes momentos.
E continuo seguindo pelo que fala meu coração, afinal de contas, em meio à natureza, como cantou 14 Bis, em mim é “tão natural ver a cor da estrada e desaparecer”.
Correndo.
E teve jacarés conquistando pódium nas suas categorias:
Sr. Francisco em 2º lugal e Eu (Adri) em 6º Lugar
A pedido do Claudio, quero registrar aqui o agradecimento ao Takeda e ao Minoru na instalação da tenda e um agradecimento especial ao Luiz Arzamendia, coordenador de corridas do SESI pela separação dos Kits e pela prestatividade para com a EQUIPE.
É isso ai família, foi muito bom estar novamente com todos vocês.
Deus em sua infinita sabedoria e bondade nos fez assim,revestidos com essa capa de jacaré, melhor conhecido como manto azul...e agradecemos a ele por estarmos sempre juntos e termos uns aos outros formando essa grande família azul!
Sinto que devo correr ainda mais.
Sinto que se há um motivo especial que me faça correr, ele tem nome: amor!
Muito amor pra todos nós.
Vamos correr jacarezada!
Um abraço a todos e que Deus nos abençoe!


Adri Alves

1ª CORRIDA NOTURNA PELO DIABETES - 19/10/2013


Em uma agradável tarde de sol, 4 Jacarés (Luciana Amoretti, Anselmo , Claudio Guras e Rudival)  cruzaram a fronteira estadual paranaense para se aventurar em mais uma Corrida Noturna no Estado de Santa Catarina - 1ª Corrida Noturna Pelo Diabetes - São Bento do Sul.
A corrida contou com percurso de 5 km, com premiação somente para os 5 primeiros Masculino e Feminino, e 10 km, compremiação para os 5 primeiros Masculino e Feminino e também para  os 3 primeiros em cada categoria de idade, além de uma caminhada de 3 KM.
Com uma boa organização, além da Corrida tivemos Show de HIP HOP e sorteio de vários brindes (vejam na foto o sorriso do Rudival na foto depois que ele ganhou o dele).
O percurso realizado somente na Avenida Imigrantes (de ponta a ponta) sendo 5 km (uma volta) e 10 km (duas voltas), circuito de nível médio pois eram várias as subidas e descidas, porém tudo estava muito bem sinalizado e com vários postos de hidratação.
A noite ficou ainda mais agradável depois que começou a premiação da corrida, pois o saldo acabou sendo de 75% dos Jacarés premiados (os outros 25% não premiados ficaram por conta do Jaca Anselmo que ficou só na vontade...) 
A premiação dos Jacarés ficou assim:
Luciana Amoretti em 5ª lugar Geral Feminino 10 km
Rudival em 3ª lugar Categoria Masculino 10 km
Claudio Guras em 3ª lugar Categoria Masculino 10 km
Anselmo Cruz mesmo com o melhor tempo (44m40s) de todos os Jacarés nos 10 km,  ficou só na saudade e acabou dormindo mais uma noite no sofá!!! (ouvi comentários que ele esta pensando em se dedicar a outro esporte pois ganhou um marcador de truco na Corrida da Volvo!)


Luciana Amoretti

68ª CORRIDA DA LUA CHEIA - PARQUE TINGUI - 16/10/2013


Em 16/10/2013 foi realizada a 10ª etapa do circuito LUA CHEIA 2013 (68ª Corrida), mesmo com uma noite fria e chuvosa vários Jacarés encararam mais um desafio.
Nesta etapa tivemos um pequeno problema para a realização do evento com relação a Iluminação Publica dentro do Parque, onde segundo informações,  a fiação havia sido roubada por vândalos,  mas o nosso grande amigo Gilberto (organizador do evento) usou o plano B (contingência) do Circuito (percurso alternativo), o qual agradou muitos aos atletas. 
Para a alegria da galera, felizmente nesta Etapa o manto sagrado esteve presente nos mais altos degraus.
Nesta 68ª Corrida da Lua Cheia, resolvi pela primeira vez tentar 2 voltas (8 Km) e para minha surpresa consegui o 2ª na minha Categoria, valeu a pena! (quem não gostou muito foi o Anselmo que acabou dormindo no sofá.... brincadeirinha..)
Também subiram ao pódio os Jacarés:
Adriana - 1ª  lugar na sua categoria 8 km,
Cido - 3ª lugar na sua categoria dos 8 km.(representado pelo querido Presidente Claudio) 
OBS: O Mateus Moser (15 anos) participou pela primeira vez no Tingui e encarou logo de cara 8 km e ficou em 2ª lugar na sua categoria, com o tempo de 39m52s, o garoto é o futuro Bolt (pena que não temos pódio para esta idade).
Valeu Mateus!!! TAMO JUNTO!!!! 
Tivemos também vários Jacarés pontuando em suas categorias e assim mantendo a posição no ranking anual...
Enfim, mais um show da Jacarezada!!!
Parabéns  a todos !!!
 
FOTOS

Luciana Amoretti

MOUNTAIN DO - LAGOA DA CONCEIÇÃO - 11 à 13/10/2013

 
Sexta feira,  pós o almoço em uma tarde nublada, alguns guerreiros e guerreiras em um total de 14  Iasnay, Claudinha, Kelly, Maria Luisa, Luciana, Alcione,  Celinha , Francine, Elisângela ,Tati,Matheus,Anderson,Claudio e Wellington; seguiram seus destinos para uma missão em Florianópolis especificamente Lagoa da Conceição, aonde por intermédio do Wellington atrasado como sempre chegamos bem após o inicio do Simpósio e retirada dos kits em Floripa, mas com grande louvor Anderson tinha saido antes provavelmente já prevendo tal atraso e conseguiu pegar os kits.  No sábado pela manhã seguimos em carreata para o inicio da prova a qual tínhamos como desafio quase 80 km de dunas, praia, montanha, asfalto, trilhas,  etc. Aonde foi efetuada duas equipes: uma dupla Claudio & Wellington e outra um Octeto Claudinha, Celinha, Elisângela,Luciana, Kelly, Iasnay, Anderson e Matheus, o quais iniciaram a prova de revezamento Grande e parceiro Claudio e a Celinha .
     No decorrer do dia não faltou disposição, entusiasmo ,comprometimento e garra de nossos verdadeiros guerreiros , mas ao passar o tempo e chegando ao entardecer após o ultimo integrante da dupla passar a linha de chegada  olhávamos  um para o outro e visivelmente o sinal de cansaço, pernas e músculos não obedecendo mais  e a cada pingo de suor derramado , a grande e inexplicável sensação de dever cumprido........
Sem menos gloriar nossa excelente equipe de apoio Maria Luisa, Alcione e Francine que também não mediram esforços para mais essa conquista.
     Mas como ninguém é de ferro, no dia seguinte, domingo de manhã, fomos todos descer de prancha as dunas belíssimas da praia da Joaquina uma verdadeira obra de Deus, aonde tivemos jacarés descendo de todas as maneiras possíveis: em pé, deitado, de bruços, de lado, de dupla etc... Quem disse que os Jacarés não se dão bem na areia?
Retornamos para o Hotel fazer o check in e fomos para o almoço de premiação do Montain Do e após seguimos para a volta a São José dos Pinhais, a qual teve 3 paradas de reposição alimentar, principalmente dos Senhores Claudio , Matheus e Wellington e a última parada com as Jacas Kelly, Claudinha, Tati ,Elisângela e Iasnay.
     Nem o congestionamento na volta de 7 horas desanimou essa equipe que só se via uma expressão de alegria e felicidade em cada rosto dizendo "valeu a pena estarmos entre amigos"
        

       Parabéns , continuem assim...  

FOTOS

Wellington Luiz Padilha
    Ton                         

REVEZAMENTO SOLIDÁRIO - CORRIDA DO POVO - 12/10/2013


No sábado, dia 12 de outubro de 2013, dia de Nossa Senhora Aparecida e das crianças, onde a previsão do tempo marcava chuva e errou feio só fez um friozinho à noite, lá foi a jacarezada para o Parque Barigui, armar a tenda para o revezamento do povo .
Às 14:40 saímos da minha casa: eu, Fá, Kay, Robson, Mirian e Luis Jr.  Já próximo ao parque um grande congestionamento, mas como jacaré tem prioridade para entrar no parque assim foi feito. 
No local reservado às tendas, onde já havia algumas assessorias, a jacarezada se instalou e começou a bagunça de costume, os atletas foram chegando aos poucos, o Jaca Samuca chegou com os kits e assim as equipes foram se organizando e preparando cada uma a sua estratégia para a prova. A família Jacaré de Conga tinha 4 duplas: Robson/Wagner, Zanini/Chico Meira, Samuca/Taty, Rudival/Adriana , 2 quartetos: Aparecida de Fátima/Fátima/Deisiane/Maria Helena, Ade/ André de Matos/André/Marcos e 1 octeto: Alessandra/Ercio/Luis Jr./Rafael/Rubens/Sandra/Lilian/ Fabiano e mais alguns familiares e amigos pra prestigiar a equipe e o evento, alguns atletas em seu primeiro revezamento, outros encarando novas distâncias e assim às 20:00 h foi dada a largada e como sempre a alegria, amizade, irmandade e companheirismo predominou entre a jacarezada e assim foram se revezando, sempre com o manto azul da equipe em destaque onde chamou a atenção do narrador do evento que falou: a equipe melhor preparada para a corrida do parque Barigui:  "JACARÉ DE CONGA", onde nos dá o orgulho de vestirmos sempre a camisa dessa equipe.
Assim foi acontecendo o revezamento cada um no seu jeito, ritmo e com a consciência de que tinham feito o melhor de si numa prova casca grossa como essa!
E assim foi mais um show azul no Parque Barigui, quero deixar aqui meu agradecimento a DEUS  e a todos que lá estiveram e de um a forma ou outra ajudaram a EQUIPE!!!
Abraços
 WAGNER CRUZ 
até a próxima prova!!

1ª CORRIDA GOMES DA COSTA - ITAJAÍ SC - 06/10/2013


Com uma organização impecável, especialmente com a opção de retirada do Kit no dia da corrida, valor da inscrição muito atraente apenas R$10,00, premiação excelente, exemplos a ser seguido por outros organizadores de corridas.
E uma única ressalva no meu ponto de vista e da minha esposa, o horário de largada 09h00min, muito tarde..., sol forte..., temperatura alta...
Mas isso não atrapalhou os 1.000 inscritos na conclusão da prova, sendo o 1º colocado masculino Adilson Dolberth (BM&F Bovespa Pão de Açúcar) com o tempo de 00h15:00min cravados e ritmo de 03:00, e a Rosangela Gavinski da Silva (Prefeitura de Curitiba) com o tempo de 00:17:33 e ritmo de 03:33.

E como a Gomes da Costa é a marca especialista e inovadora em pescados e conservas, que combina qualidade, sabor e saúde! Produtos perfeitos para fazer pratos rápidos, variados e saudáveis.
Com a missão de incentivar hábitos mais saudáveis e de qualidade, a Gomes da Costa conceituou uma Corrida e Caminhada de Rua e nos convidou a participar desse universo de saúde e alegria!
Observem a premiação:
Categoria funcionários Gomes da Costa – (masculino e feminino)
1o. Lugar – R$ 300,00 + Troféu + brindes
2o. Lugar – R$ 200,00 + Troféu + brindes
3o. Lugar – R$ 150,00 + Troféu + brindes
4o. Lugar – R$ 100,00 + Troféu + brindes
5o. Lugar – R$ 100,00 + Troféu + brindes

Categoria Geral – (masculino e feminino)
1o. Lugar – R$ 500,00 + Troféu + brindes
2o. Lugar – R$ 350,00 + Troféu + brindes
3o. Lugar – R$ 300,00 + Troféu + brindes
4o. Lugar – R$ 200,00 + Troféu + brindes
5o. Lugar – R$ 150,00 + Troféu + brindes

Categoria Faixa Etária – (inclusive cadeirantes) (masculino e feminino)
1o. Lugar – R$ 50,00 + Troféu + brindes
2o. Lugar – Troféu + brindes
3o. Lugar – Troféu + brindes
4o. Lugar – Troféu + brindes
5o. Lugar – Troféu + brindes

Todos os atletas que completaram a prova receberam medalha de participação.
A segurança do evento foi efetuada pelo Codetran – Itajaí.
Todos os atletas concluíram o percurso da Corrida no tempo máximo de 1h30m (uma hora e trinta minutos) porque expirado tal prazo foi desativado o esquema de segurança; infraestrutura e atendimento médico, sobretudo, isentando a Organização de quaisquer riscos e acidentes. Como todos sabem Itajaí é uma cidade portuária, e circulam muitos caminhões. Segurança perfeita.


Rubens e Magali

CORRIDA DA GRACIOSA - 06/10/2013





Participar de uma corrida em um local que é considerado um dos cartões postais do nosso querido Estado do Paraná, é sem duvida um privilégio para poucos, face ao número reduzido de inscrições, pela enorme dificuldade e pelo tempo estipulado para conclusão da prova. O bicho pegou no mais amplo sentido da palavra, pedreira foi isto o que encontramos na corrida. As dificuldades se resumem  simplesmente nos 14 Km de subida. Para quem conhece a Serra da Graciosa sabe muito bem sobre as dificuldades que estou me referindo. Uma subida em que é normal encontrarmos carros parados no acostamento devido á temperatura do motor ter subido além do normal. Os carros podem desfrutar desta parada, já nós que estávamos correndo não podíamos nem pensar em parar. Chega um determinado momento da corrida que você passa a ter dois inimigos terríveis, a subida que não acaba mais e que a cada curva fica mais acentuada e o relógio. Você fica naquela expectativa e já pensa: “Meu Deus será que eu não vou consegui?”  São 14 km de subida, não é subidas. Se o atleta não estiver totalmente focado no seu objetivo é certeza absoluta que irá quebrar. Neste momento da corrida a harmonia entre corpo e mente deve estar  perfeita, pois sem esta combinação não tem como seguir em frente. Com a desistência do nosso amigo Jaca PAULO SBRISSIA, com uma semana antes da corrida por motivos de lesão, eu perguntei para o nosso grande amigo e presidente Jaca CLAUDIO se ele iria me deixar correr sozinho... É lógico que ele de imediato falou que iria até mesmo porque nós dois ainda não tínhamos participado desta corrida. Chegamos em  Morretes com o ônibus da organização da corrida, o tempo estava  propício para quem iria encarar o desafio. Sem receio de falar, por um descuido meu olhei em direção da serra,  lá estava uma linda montanha toda majestosa sorrindo para minha pessoa, como a me perguntar vai mesmo me encarar? Naquele momento em pensei meu DEUS do céu será que eu vou amarelar?  Mas graças a Deus eu juntamente com o Claudio enfrentamos  este desafio  com o respaldo da nossa querida equipe JACARÉ DE CONGA , e posso afirmar aqui que o fizemos com maestria, o que nos propusemos a fazer. Em momento algum após termos iniciado a corrida nos intimidamos com a subida, porque sabíamos da nossa determinação em superar desafios. Esta corrida foge totalmente das características das outras corridas consideradas difíceis, porque geralmente as corridas consideradas difíceis são na sua maioria formadas de subidas e descidas, já esta corrida se traduz simplesmente em subida. Quando você termina os 14 Km de subida ,ai o restante é de suaves subidas e descidas, tipo tobogã. Mais uma vez eu e o Claudio sentimos a emoção do que é correr por  nossa equipe, mesmo não tendo mais nenhum Jacaré participando da corrida em momento algum nos sentimos solitários. Tendo em vista que a nossa camiseta é muito conhecida e respeitada, em qualquer lugar que haja um Jacaré participando de uma competição esportiva os gritos de “Aí Jacaré”, “vamos  Jacaré”  e outras palavras sempre seram mencionadas para nos dar mais ânimo. Peço aqui desculpas ao meu grande amigo CLAUDIO GURAS por não o ter esperado no momento da chegada dele, não o esperei porque tive uma brusca queda de temperatura no corpo. Acredito  que esta queda de temperatura se deu devido a alteração de altitude na subida da Serra. Fica aqui registrado que JACARÉ  nunca abandona seu companheiro, mas no meu caso se eu não fosse urgentemente para o interior do ônibus tirar a camiseta molhada e colocar um agasalho corria o risco de de entrar em hipotemia . Aproveito o espaço para parabenizar aos atletas Mônica e Carlos,  ambos correram praticamente a corrida inteira comigo. A Mônica uma verdadeira guerreira  sentiu uma lesão durante a prova, mas em momento algum pensou em desistir , sendo constantemente incentivada pelo Carlos , por mim e por diversos atletas que passavam por nós. Mônica, as nossas palavras de incentivo foram só detalhes nesta sua conquista.  O principal incentivo partiu de você mesma. Tudo o que você precisava para continuar até o final da corrida, estava em você mesma, nós simplesmente fizemos com que você  encontrasse . Também deixo aqui meus parabéns para a atleta Silvana pela superação em mais este desafio na vida dela. Quanto a organização meus parabéns a segurança estava perfeita, mas no quesito hidratação vocês deixaram a desejar em alguns postos não tinha água , em outros o atleta só podia pegar um copo. Isto é brincadeira de mau gosto onde está escrito que um copo de água é suficiente para matar a sede de uma pessoa que está correndo. Isto varia de pessoa para pessoa. Agradeço a todos os aletas que participaram desta  corrida .
“Os pingos de suor que deixamos por onde corremos, com certeza o tempo já enxugou. Amanhã  esta corrida já fará parte da história dos desafios que superamos. Quando o tempo insistir em nos fazer esquecer, aí então teremos os troféus e as medalhas de participações para nos fazer lembrar”.
Atenciosamente, com carinho, um abraço.

RUDIVAL GOMES.

CIRCUITO SMELJ CURITIBA 2013 - 4ª ETAPA - 06/10/2013


Neste domingo (06/10) o Sol saiu cedo como já há vários dias não fazia em São José dos Pinhais, para nos acompanhar para a 4ª e última etapa do Circuito da SMELJ Curitiba, realizada no 20ª Batalhão de Infantaria Blindada, no bairro do Bacacheri. Mas o Sol só veio nos acompanhar no trajeto mesmo, pois já chegando no quartel ele se escondeu e deu lugar a um friozinho matinal, que depois acabou se revelando um agradável tempo para correr.
O Jaca Anderson Quevedo madrugou no BIB e, logo após eu, Thaty e Daniel chegamos. Pegamos o primeiro espaço destinado às barracas das Assessorias, ficando em um lugar muito bom, ao lado da pista e do arco de chegada. Com a ajuda dos colegas da Assessocor levantamos a nossa tenda e a deles, e aí foi só aguardar a turma animada dos jacarés chegar para a prova.

Ao todo, entre adultos e kids, estivemos em 25 jacarés em ação nessa manhã, entre esses 7 Kids, que disputaram bravamente os 200 e 400 metros da pista de corridas e com certeza já estão desde pequeninos aprendendo o maravilhoso caminho do esporte. Antes e após sua corrida os pequenos, e também os adultos, puderam aproveitar o stand de escalada técnica montado no campo.

A SMELJ Curitiba está de parabéns pela realização de mais esse Circuito de Corridas que se encerrou hoje. Pela iniciativa, pela organização, pelos excelentes espaços utilizados como apoio, pela gratuidade nas inscrições e pelo grande número de participantes, esse circuito só tem a crescer nos próximos anos. E com certeza a Equipe de Aventuras Jacaré de Conga estará representada em todas as etapas, azulando a cada corrida as ruas de nossa capital com alegria, festa e bom humor!
Valeu!!!


Samuel Silva

CIRCUITO UNIMED SC - ETAPA JOINVILLE - 06/10/2013


Com um organização muito boa, foi realizada neste domingo, dia 06/10, o Circuito Unimed SC - Etapa Joinville, evento que contou com cerca de 580 inscritos, com provas de 5 km e 10 km e  premiação apenas para os 5 primeiros no geral.
Nesta etapa estavam presentes os Jacarés (casal) Luciana Amoretti e Anselmo Cruz, acompanhados do mascote Jaca Alienígena.
Com relação a corrida, os percursos de 5 km e 10 km foram considerados de  nível fácil (sem nenhuma subida), porém, o grande desafio foi o calor (muito abafado) que dificultou um pouco o desempenho dos atletas, o que salvou e vale elogiar é que a água estava no ponto (devidamente gelada)!!!
O Jaca Anselmo Cruz com tempo liquido de 20m29s nos 5 km chegou na 21° geral sendo o 1º colocado na sua categoria (M4044).
A Jaca Luciana Amoretti com tempo liquido de 28m43s nos 5 km  chegou em 40° geral, sendo  a 8ª colocada na sua categoria (F3539).
Tivemos a agradável companhia de vários atletas da Assessocor,  inclusive com a presença do Casal  Caio Carvalho   (site www.assessocor.com.br e Lily Martins (site  www.lilymartins.com.br).
Destaque negativo para a cronometragem da Corrida que divulgou aos atletas tempo bruto sem nenhuma coerência, porém o tempo liquido  divulgado estava exato.
Valeu Jacarezada e Assessocor... foi Show!!!!
Luciana Amoretti e Anselmo Cruz

CIRCUITO CAIXA - ETAPA CURITIBA - 29/09/2013


No último domingo (29/09) a cidade de Curitiba-PR recebeu o evento Circuito Caixa de Corridas de Rua onde a Equipe Jacaré de Conga não poderia ficar de fora e contou com a presença de varios Jacares apesar do clima frio, o nosso mascote (Alienígena) “made in Paraguai” também esteve presente, agora devidamente calçado com o seu Conguinha “made in China”.
O evento muito bem organizado contou com provas de 5km e 10km e com aproximadamente 7000 corredores inscritos onde os atletas do Quênia dominaram mais esta etapa do Circuito Caixa
Edwin Kipsang campeão da última corrida Internacional de São Silvestre, venceu a prova de 10km masculina em Curitiba com o tempo de 29min08s, quase 1min mais rápido que o segundo colocado.
Em entrevista Kipsang, agora bicampeão da etapa Curitiba relatou:
"Foi uma prova pesada, pela quantidade de subidas e descidas, mas muito boa. Depois do quarto quilômetro dei uma arrancada e deixei o pelotão principal para trás." 
Na prova de 10km feminina, vitória tranquila da também queniana Delvine Relin Meringor. Ela completou os 10km com o tempo de 35min05s, cerca de 52s mais rapida que a segunda colocada.
Em entrevista Delvine avaliou a prova:
"Ainda não tinha corrido em Curitiba mas gostei muito do percurso. Esse clima mais frio também é agradavel para min. Meus piores resultados no Circuito Caixa 2013 até o momento foram segundos lugares. Gostei muito do Brasil e dos Brasileiros. Com o Circuito, pude experimentar varios tipos de clima e de percurso. Isso é muito bom."
Destaque também para querido colega "Queniano de São José dos Pinhais", Paulo Sbrissia que mesmo com dores na panturilha levou o manto azul ao pódio em sua categoria nos 5km.... Parabéns Paulo!!!!
Vale apena comentar que esta Etapa do Circuito Caixa de Corridas de Rua bateu o recorde de assessorias presentes no evento.
Parabéns a todos os Jacarés que participaram e contribuiram de alguma forma para este SHOW!!!


 Anselmo Cruz












Caminhadas da Natureza – Campina do Taquaral – 29/09/2013



Aconteceu no último domingo (29/09/13) a 2° etapa campina do taquaral do circuito eco turístico caminhadas da natureza. Com um trajeto de 12.100 km de paisagens lindas, com trilhas, lagos, rios, campos, pastagens e, é claro, algumas subidas de tirar o fôlego. 
Eu (Thaty)e o Daniel levamos minha irmã Adriane e a filha Aléxia para incentivá-las à vida de aventura dos Jacarés. Outros jacarés também prestigiaram o evento, e não vou colocar nomes, para não esquecer ninguém, sendo que no percurso me encontrei com a jaca Fátima Ribeiro e compartilhamos boa parte do trajeto juntas. Segundo a organização do evento mais de 450 pessoas participaram da caminhada, que começou lindamente com um belo café colonial e na volta havia um almoço esperando no salão da igreja. 
O percurso passava por dentro de algumas chácaras onde os proprietários haviam preparado o local para a recepcionar os aventureiros. Haviam exposições de artigos campestres e coloniais, como em uma das paradas onde pude até saborear um belo chimarrão em volta do fogão a lenha. 
Resumindo, foi uma excelente aventura, com desafios, pois o chão estava bem escorregadio devido à chuva no dia anterior, pontes, trilhas íngremes e alguns morros, porém o que mais ficou na memória foi o tempo maravilhoso passado ao lado das pessoas que amamos, as conversas com aventureiros que íamos conhecendo pelo percurso, a ótima recepção dos moradores das propriedades por onde íamos passando e a saúde, mental e física, proporcionada por um evento como esse. Valeu muito a pena participar, deixou ótimas recordações e a vontade de estar nos próximos com certeza.
Thaty Silva

MARATONA DE SANTA CATARINA - 29/09/2013


E no último final de semana, mais um desafio foi proposto para alguns jacarés, quando da realização da Maratona de Santa Catarina. Nossos amigos Claudio, Rudival, Fabiano Bissule, Marcelo e eu fomos mais uma vez por a prova a nossa resistência, persistência e acima de tudo isso a vontade de se superar nos desafiadores 42km em meio a paisagem exuberante da ilha de Florianópolis, e ainda teve jacaré nos 10km e nos 5km sendo Maria Luisa, Celinha e Ivone respectivamente. Contamos ainda com a presença da Luciana, que por estar lesionada não pode participar da prova e sua amiga designada a fotógrafa da vez, e ainda a Lilian, esposa do Fabiano, que acompanhou o percurso de bike. Marcelo e eu partimos rumo a capital catarinense no sábado pela manhã. Já na referida cidade, por volta das 14:00h fomos buscar os kits da galera, uma vez que os demais pernoitaram em Balneário Camboriu. No domingo, Marcelo e eu adiantamos a retirada dos chips, e logo aconteceu o tão esperado encontro de toda a jacarezada que foi uma verdadeira festa, como sempre é. E chega o grande momento, é dada a largada para um percurso que seria bastante exaustivo pelas várias idas e vindas no mesmo trajeto, mas ainda sim, muito bem demarcado, seguro e o mais importante com água e isotônico suficientes para garantir a devida estrutura para que os atletas pudessem realizar uma boa corrida. De quebra, o belo visual que com certeza deu um espetáculo a parte. Participar de uma maratona é sempre emocionante, ter a companhia dos amigos só faz aumentar a satisfação, apesar de todo desgaste e cansaço, ao terminar o primeiro pensamento é sempre: qual será a próxima mesmo? Todos completaram a prova tranquilamente mas o destaque deste dia com certeza foi o fato da nossa jacaroa Eliana ter feito uma mais que excelente prova, deixando suas colegas de faixa etária para traz e conquistando o primeiro lugar da sua categoria nos 42Km. Fiquei incumbida de trazer o troféu para ela uma vez que por questões logísticas a mesma acabou não ficando para a premiação. Em nome da equipe deixo aqui os parabéns para a Eliana que cada vez mais vem orgulhando a todos nós e com certeza servindo de exemplo graças a sua dedicação que se traduz nestes belíssimos resultados. Agradeço mais uma vez a companhia de todos, é sempre muito bom compartilhar dessa alegria, dessa energia e desse espírito de equipe que só a nossa equipe Jacaré de Conga tem. O manto azul deixa sempre sua marca por onde passa. Valeu!!!


Gislaine